Alguns textos que, sob o estilo comédia Stand Up sarcástica, falam sobre pequenos fatos ou situações que passam despercebidas em nossas vidas e, muitas vezes, sequer questionamos o porquê das coisas serem assim.

7 de julho de 2008

VELÓRIO

O velório é, literalmente, um dos rituais mais infelizes já inventados. A intenção até que é boa, mas você percebe que ele é todo errado desde a hora que chega ao local. Como se cumprimenta uma pessoa que chora a morte de seu parente? “Oi, tudo bem contigo?”, ou “E aí cara, quais as novas?”, ou talvez “Beleza meu, como vai a família?”.
O objetivo do velório é prestar homenagem ao morto. Juntam um monte de parente, todos de preto, e choram em volta do caixão. Isso é homenagem? Grande coisa! Pra mim, homenagem seria levar o caixão até um lugar público e fazer gritos de incentivo pra todo mundo ver. Ex.:“Leee Leleô leleô leleô...Pedro!!!”
E por que o morto tem sempre que estar bem vestido? Talvez seja importante estar arrumadinho antes dos vermes o comerem. Além disso, muita gente é enterrada usando relógio. Afinal, vai que o morto se atrasa pra algum compromisso.
A morte não deve ser encarada como um fato triste. É só uma pessoa a menos que vai deixar de pegar trânsito, ser assaltada, atender chamadas de telemarketing, pegar filas, pagar impostos, etc. Isso é tão verdade, que algumas pessoas sorriem depois de mortas, em contrapartida, todo bebê chora depois que nasce.

2 comentários:

Alexandra disse...

C não respeita nem os mortos HUAHUAHUAHUA

mas eu concordo com vc... acho velório muito chato e a maioria das pessoas que vão, diga-se a família, são hipócritas... ´choram pra mostrar tristeza, mas na verdade estão pouco se lixando...

Tem uma comunidade no Orkut que chama-se: Só vejo parente em velório"... com certeza vc concorda que isso acontece com a maioria das famílias e pra piorar, uns ficam reparando nos outros, fazendo fofoca.

Eu não vou mais a velório não. Tô fora.

Paz... disse...

Por isso que eu gosto daqui... leio muitas verdades...

Velórios são tristes... não vejo como uma homenagem ao morto e sim uma despedida na qual a família e entes queridos vão se despedir.
Só acho ridículo aquelas pessoas que nunca se importaram em vida aparecerem nos velórios como se importassem agora.

Oh! tem selo pra vc no Dialeto... nem sei se vc gosta, mas eu acho q merece uahuhah.
bjo!