Alguns textos que, sob o estilo comédia Stand Up sarcástica, falam sobre pequenos fatos ou situações que passam despercebidas em nossas vidas e, muitas vezes, sequer questionamos o porquê das coisas serem assim.

12 de julho de 2008

JOGAR TÊNIS

Diferente do Golfe, Tênis é o esporte de rico que o pobre também gosta de assistir ou jogar. Pra mim, é meio que um paradoxo, pois acho um esporte muito legal e besta ao mesmo tempo. O processo de criação do Tênis foi assim:
Um cara chegou pro outro e falou: “Eu jogo a bolinha pra lá, você joga a bolinha pra cá. Quem não alcançar a bolinha perde”. Esse é o principal fundamento. Uma coisa tão simples que poderia ser decidida em cinco ou seis jogadas. Porém, aparentemente, são necessárias umas três horas de jogo para decidir quem passa a bolinha melhor pro outro lado.
Uma peculiaridade deste esporte é que não há um chão específico. Joga-se na grama, saibro, ou piso duro. Por que não se decidem e escolhem um? Agora, se querem mostrar que são bons, comecem a jogar no gelo, na lama, na areia...
A pontuação também é outro charme. Você acerta uma vez, faz 15 pontos. Acerta de novo, chega a 30 pontos. Porém, quando acerta pela terceira vez, você não faz 45, mas sim 40 pontos. Aí, se acertar mais uma, acaba. Que doideira não? A pontuação deveria ser igual àquela brincadeira do Silvio Santos: Um, dois, três, PIN! Cinco, seis, sete, PIN! Mais fácil.
E aquelas pessoas que ficam ao fundo e gritam quando a bolinha cai fora? Gritar é pouco... Elas berram tão alto como se parecessem bravas pelo tenista ter errado o alvo. Engraçado que durante a partida, a platéia fica sempre em silêncio. Logo, não precisariam gritar, só dizer “Você errou meu querido”.
E quando o comentarista fala que o tenista realizou um “Drop Shot”, ou um “Overhead Smash” a gente entende tudo né? No Tênis até as nomenclaturas simples não têm muita lógica. Se você coloca muita força na raquete e a bolinha vai longe, você acaba de cometer um “Erro Não-Forçado”. Vai entender...

7 comentários:

Alexandra disse...

Ahhhhhhhhhhh Leo,,, amei seu comentário no blog... puxa vida, foi bem legal meeesmoooo!!! Vlw amigo!

Sobre o seu novo post concordo com a idéia de ser bobo e legal ao mesmo tempo, mas na minha pequenina e insignificante opinião, é mais um jogo pra distrair os ricos que não tem absolutamente nada pra fazer, e que dão a elas mais alguns mil dólares no bolso... coisa de gente rica e que eu deveria ter pensado nisso a um tempo atrás, quando disse que queria enriquecer logo...

Bah! Vô parar senão a crise volta... ela tá melhorzinha hj... sexta eu quis beber mais mas me segurei.... tava sem grana e possivelmente iria subir na mesa e dar vexame, e isso devido à tamanha revolta que está aqui dentro viu... vai entender... um dia se eu descobrir pq insistimos nos erros te conto sem dúvida alguma!!!

Bjus!

Alexandra disse...

Leo, como vc consegue colocar tantos selos no seu blog ao mesmo tempo? Eu só consegui colocar um... saco... me ensina como faz????

Cris disse...

Léo do céu. Há tempos não lia uma blog tão"gostoso" qto o seu. E eu nem sabia que ele existia.
Se não fosse o meu master sono, o leria todinho agora. Mas volto...
amei...
Saudades...
bj

Luciana Landim disse...

Ahhhh!!
Adorei, como sempre!!!
uahuahauauahuhauahua
muito bom!!!
Tênis é um esporte esdruxulo...
só mais torcer pelo coringão!!!
Vamo Curiiiinthiaaaa!!
uahuahauhauhauhauhuaa

cerveja? bora marcar?
me liga essa semana!!
please!!
beijos!!
:D

Luize disse...

Bah! Não entendo nada de tênis, nem o de colocar no pé... ashuishauisa... compro qualquer um xP

hsahsaihusiahusai...

:*

Paz... disse...

definitivamente nunca entendi de tênis e nem quero entender... mas com suas explicaçoes eu entendi umas coisas nada a ver que ás vezes vejo na tv...
mas ainda prefiro assistir vôlei ou futibol...
bjo!

ps: obrigada pelos parabéns!

jaisonn disse...

Engraçado, mas tosco.